Comissões expostas em apólices de seguros - Uphold
uphold_apolicedeseguros

Comissões expostas em apólices de seguros

Se existe um assunto que vem causando bastante polêmica no universo dos corretores de seguros, são as comissões expostas em apólices de seguros.

Aplicadas, a princípio, para passar uma maior transparência na hora da contratação dos serviços prestados, este tema vem se transformando em algo cada vez mais polêmico dentro deste universo de trabalho. 

Com isso, muitos profissionais ficam com receio de expor quais serão os valores de cada uma das suas vendas não somente para os clientes, mas para outras pessoas de maneira geral.

Pensando nisso, a Uphold Contabilidade trouxe neste conteúdo, algumas formas de conseguir lidar melhor com as comissões expostas em análises de seguros.

Trabalhar com comissões expostas em apólices de seguros é uma boa opção?

Na verdade, o que percebemos ao longo dos anos trabalhando com diversos corretores de seguros, com diferentes níveis de maturidade de negócios, a grande questão não está ligada diretamente em revelar qual o valor da comissão por determinada venda.

Aqui, estamos falando sobre a transparência e o relacionamento de ambos os lados. Com isso, muitos profissionais ficam se perguntando se, expor a o valor ganho realmente vai funcionar no longo prazo. 

Por encontrarmos essa grande demanda diante dos nossos próprios clientes, resolvemos trazer para você, algumas estratégias para deixar esse processo um pouco mais leve.

 Confira a partir de agora.

Mude o seu tom de comunicação

Modificar o seu tom de voz com o cliente e como você se porta diante das demandas e adversidades, poderá fazer toda a diferença neste processo.

Por exemplo, se você transformar os seus produtos em “pacotes”, certamente além de ter um ticket médio maior, será possível criar certa recorrência com este consumidor.

Neste caso específico, você poderia ter três níveis de atendimento. O básico, o intermediário e o prime. Aqui, as suas comissões estariam atreladas ao pacote escolhido pelo cliente, de modo geral.

Portanto, se você cobrar uma comissão de um produto de seguros de automóvel em 15% por exemplo, em um intermediário você já pode cobrar 20%, e assim, ir escalando de acordo com a estratégia do seu negócio. 

E, a partir deste critério, você cria diferenciais que façam com que o cliente consiga perceber o valor de mercado e principalmente, que consiga enxergar o benefício de pagar por determinada comissão para receber determinado suporte.

Quais as taxas de corretagem a serem cobradas?

Entretanto, mesmo falando de pacotes exclusivos, é importante que você, corretor de seguros, não perca de vista quais são as taxas mínimas e máximas cobradas pela categoria.

Por isso, comece com a comissão de 15%, mas não ultrapasse o limite de 25%.

Seja claro e objetivo

Deixe o seu relacionamento com o consumidor o mais transparente possível. Afinal, uma das piores situações que fazem com que as pessoas busquem trocar seus corretores de seguros, é justamente a falta de clareza e objetividade nas vendas. 

Sendo assim, logo no início das tratativas e assinatura do contrato, lembre e relembre todos os pontos do acordo firmado, para que a parceria seja a melhor possível no longo prazo. 

Entregue valor ao invés de preço nas comissões expostas em análises de seguros

Por isso, para trabalhar com as pessoas no longo prazo, pare de focar no valor a ser identificado durante o fechamento do serviço como um ponto negativo, e foque no leque de possibilidades que você pode disponibilizar ao cliente.

Faça com que ele sinta que realmente está fazendo a escolha correta e que enxergue a sua comissão como um verdadeiro investimento, ao invés de um simples gasto. 

Essa pequena estratégia de pacotes de atendimento é amplamente usada por outros nichos de mercado e a cada ano, se tornam cada vez mais lucrativas e interessantes. 

Trabalhe pensando no longo prazo

Por isso, a nossa recomendação é a de que você não foque apenas nas normas impostas pela SUSEP. Afinal, as regras podem ser modificadas a qualquer momento.

Aqui, o importante é que você consiga estruturar a sua corretora de seguros de uma maneira interessante para o longo prazo. 

E você? Como está apresentando a sua comissão ao cliente? Alguma estratégia diferente? Compartilhe sua opinião com a Uphold nos comentários abaixo. 

Ultimas Postagens