uphold_calculadora

Como será o cálculo do salário com a redução / suspensão do contrato de trabalho?

Diante de uma das maiores crises dos últimos cem anos, precisamos aprender a nos readaptar nesse universo de muitas formas diferentes. Seja na vida pessoal, ou através do trabalho, todas as pessoas sofreram com algum impacto distinto.

E, talvez você, colaborador de uma corretora de seguros, tenha tido o seu contrato de trabalho modificado com a redução da carga horária ou até mesmo com a suspensão de seu contrato temporariamente.

Mas, você sabe exatamente o que isso impacta no dia a dia, além da redução do valor monetário a receber?

Pensando nisso, a Uphold Contabilidade preparou este artigo com exclusividade para você, para te ajudar a entender a situação e orientar nos próximos passos que devem surgir em breve.

Qual a determinação do governo?

Após muitas modificações no início da pandemia, o Governo Federal liberou uma medida provisória autorizando modificações nos contratos de trabalho enquanto durar o período de calamidade pública no Brasil devido à pandemia do coronavírus.

Basicamente, o governo autorizou duas medidas diferenciadas para que você não precise dispensar o colaborador nesse momento tão complicado, e precisamos falar um pouco sobre elas.

Opção 1 – Suspensão de contrato

Através de um acordo entre ambas as partes, a corretora de seguros pode suspender o contrato de trabalho em até 60 dias, sendo 30 dias iniciais, podendo ser prorrogado por mais 30.

Basicamente, é como se o colaborador estivesse tirando sessenta dias de férias remuneradas, porém, com uma parte bancada pelo governo.

Opção 2 – Redução

A segunda opção, é baseada na redução de jornada de trabalho, e consequentemente, de salário. 

Ela poderá acontecer das seguintes maneiras:

  • 25% de redução
  • 50% de redução
  • 70% de redução

Claro, que nesse caso, vai do bom senso entre trabalhador e colaborador. E o importante, é conseguir chegar em um consenso entre ambas as partes.

Obrigatoriedades da modificação do contrato

Caso você opte por algumas dessas opções, é importante saber as modificações que talvez, você precise readaptar no seu negócio.

Por exemplo, se você optar pela suspensão de salário do seu colaborador, saiba que no retorno de suas atividades, você terá a obrigatoriedade de continuar com ele por, pelo menos 60 dias como garantia.

E, para te ajudar, no vídeo abaixo, nós explicamos através de uma planilha detalhada, diversas simulações para que você consiga analisar exatamente a situação, e decidir qual das opções é a melhor para a sua corretora de seguros. Inclusive, eu te recomendo a passar o link desse vídeo para o seu colaborador, para que ele possa entender exatamente o quanto ele vai receber.

https://youtu.be/6r4O9iGJd5o

Agora que você assistiu o vídeo, queremos saber. Para o seu negócio, essa nova medida ajuda ou atrapalha? Compartilhe sua opinião conosco, nos comentários abaixo. 

Ass: Everton Rocha
Uphold Contabilidade Especialista Em Corretora de Seguros

Ultimas Postagens