Contabilidade para profissionais de TI - Ela é realmente importante? - Uphold
uphold_empresas_ti

Contabilidade para profissionais de TI – Ela é realmente importante?

Apesar de ser deixada de lado muitas vezes, a contabilidade para profissionais de TI é essencial para quem deseja que o seu negócio cresça e se destaque no mercado.

Empresas que contam com o apoio de contadores conseguem se organizar financeiramente, economizar dinheiro, planejar metas para expansão e ainda cumprir com a legislação.

Afinal, esse profissional é responsável por analisar todos os custos, despesas e receitas de um empreendimento, bem como apurar a rentabilidade e lucratividade do negócio.

Portanto, se você deseja saber a importância da contabilidade para profissionais autônomos ou para empresas de TI, continue lendo esse artigo que a Uphold Contabilidade preparou para você.

O que é o serviço de contabilidade para profissionais de TI?

O contador é um profissional que lida com a gestão financeira, tributária, econômica e patrimonial de um empreendimento. 

Assim, por meio de planilhas e relatórios, ele consegue controlar a saúde financeira de um negócio e manter o empreendedor sempre informado.

Ele também auxilia os profissionais da Tecnologia da Informação na abertura da empresa, sendo responsável ainda pela escrituração contábil e todas as suas questões fiscais.

Portanto, a contabilidade para profissionais de TI é essencial para você que deseja organizar o seu negócio juridicamente, acompanhar de perto as finanças e garantir o crescimento saudável dele.

Como a contabilidade para profissionais de TI pode ajudar no crescimento do negócio?

A gestão financeira tem papel fundamental no crescimento de empresas. 

Afinal, a falta de organização, despesas em excesso e baixa lucratividade são alguns dos motivos que levam os negócios à falência logo nos primeiros cinco anos.

Além disso, erros jurídicos na estrutura do empreendimento e o não cumprimento da legislação também estão ligados ao fechamento de alguns empreendimentos.

Por isso, a contabilidade para profissionais de TI é fundamental. 

Por meio dela, será possível não só estruturar corretamente sua empresa, mas ainda analisar e entender todos os seus dados financeiros..

Formalização do negócio

Um dos grandes erros cometidos por empreendedores é começar uma empresa sem a ajuda de um contador. 

Ainda que seja possível resolver toda a parte burocrática sozinho, a contabilidade para profissionais de TI é essencial para te ajudar a definir a melhor estrutura jurídica, porte e regime de tributação.

Além disso, ele pode ficar responsável por organizar os documentos para tirar o CNPJ junto à Receita Federal, legalizar a empresa na Junta Comercial ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica e solicitar um alvará de funcionamento na prefeitura.

O contador é importante não só para conduzir o processo de abertura, mas também para levantar dados importantes sobre o empreendimento.

Planejamento tributário

Se você já tem uma empresa sabe o quanto os impostos podem pesar nas finanças. Entretanto, a carga tributária pode ser reduzida sem descumprir a legislação.

Para isso é importante saber quais tributos sua empresa pode deixar de pagar sem deixar de infringir nenhuma lei. Portanto, a ajuda de um contador é fundamental.

Além disso, o suporte de um contador é obrigatório para todas as empresas, exceto para o MEI (Microempreendedor Individual). Afinal, algumas obrigações fiscais são mensais.

Dessa forma, o apoio de um contador é fundamental para analisar e cumprir a regulamentação e ainda fazer a sua empresa economizar.

Contabilidade para profissionais de TI -Gestão Financeira

A contabilidade é um dos fatores mais importantes para o crescimento de uma empresa. Afinal, ele será responsável por gerir e realizar o planejamento financeiro do seu negócio.

Dessa forma, para fazer o levantamento das informações reais e atualizadas da empresa, o contador será responsável por:

  • Realizar o fluxo de caixa mensalmente;
  • Elaborar relatórios financeiros;
  • Fazer os balanços anuais;
  • Emitir notas fiscais;
  • Avaliar investimentos;
  • Entre outros.

Portanto, ao realizar essas atividades, o profissional terá condições para te ajudar a analisar o desempenho do empreendimento e, assim, tornar as melhores decisões para o seu crescimento.

Quais os caminhos que um profissional de TI pode seguir?

Profissionais da área da Tecnologia da Informação podem atuar como autônomos ou como pessoas jurídicas (empresas). 

Por meio da contabilidade para profissionais de TI, será possível analisar os custos dessas opções, bem como suas vantagens e desvantagens.

1. Profissional autônomo

Se você preferir atuar como autônomo deverá pagar 11% de INSS sobre os seus rendimentos. 

Além disso, terá que pagar o imposto de renda, calculado em cima de uma tabela progressiva.

Você ainda terá que pagar o Imposto sobre Serviços (ISS), que varia de 2% a 5% de acordo com a regra do município.

Outro fator que faz com que atuar como autônomo não seja tão interessante, é o seu custo para empresas, já que ao contratar os seus serviços, elas deverão recolher 20% de INSS sobre o pagamento. 

2. Empreendedor individual e EIRELI

Se você é um profissional da área de TI que pretende atuar sozinho pode optar pelo Empreendedor Individual ou pela EIRELI. 

Em relação ao regime de tributação, os dois podem se enquadrar no Simples Nacional ou no Lucro Presumido.

Empreendedor Individual

A vantagem do Empreendedor Individual (EI) é que o valor do investimento inicial é de apenas R$1.000. 

No entanto, o patrimônio particular do empresário se confunde com o patrimônio da empresa.

Por outro lado, o faturamento dessa estrutura jurídica pode chegar a R$ 360 mil ou R$ 4,8 milhões, caso seja Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, respectivamente.

EIRELI

A outra opção para quem não tem sócio é a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI).

A vantagem dessa estrutura é que os patrimônios jurídicos e pessoais são separados.

Entretanto, a pessoa que deseja abrir uma empresa EIRELI, precisa ter um capital de pelo menos 100 vezes o valor do salário mínimo.

3. Sociedades

Agora, se você vai abrir uma empresa de consultoria em TI com outros sócios, a Sociedade Limitada (LTDA) é a melhor opção. 

Esse tipo de empresa consiste em um tipo união composta por dois ou mais sócios, onde o capital investido pelos sócios define sua participação no negócio.

Na Sociedade Limitada, os bens pessoais são separados dos bens jurídicos. Desse modo, apenas o dinheiro da empresa será usado em ações judiciais.

Quando vale a pena contar com uma contabilidade para profissionais de TI? 

Contar com o apoio de um contador é importante tanto para quem está começando uma empresa ou formalizando um negócio.

A apuração correta dos tributos e a organização das finanças são essenciais para o crescimento de qualquer empreendimento e, por isso, devem ser levadas a sério.

Assim, não deixe de procurar um profissional de contabilidade de confiança e que conheça a área de TI, como os especialistas da Uphold Assessoria Contábil

Eles podem te ajudar a tomar as decisões corretas e gerenciar as finanças do seu negócio. 

Ultimas Postagens