Gestão financeira em tempos de COVID-19 - Uphold
Gestão financeira em tempos de COVID-19

Gestão financeira em tempos de COVID-19

Em tempos tão incertos que vivemos por conta da pandemia do COVID-19, muitas pessoas foram impactadas por fechamento de negócios, corte de salários e estão se vendo em uma situação desconfortável e sem planejamento financeiro.

O impacto do coronavírus na economia é inegável. Preocupações em saber como fazer para continuar faturando atuando como corretor de seguros, acabou sendo uma das perguntas que a Uphold Contabilidade mais recebeu nessa última semana.

E nesse momento, o que muitas vezes buscamos é um direcionamento do que começar a fazer. Como reestruturar a gestão financeira do negócio? Lidar com as despesas pessoais é possível? Como iniciar um planejamento em meio ao caos?

Quer saber como você pode começar a se preparar financeiramente e descobrir estratégias para lidar com o dinheiro da sua corretora de seguros em meio ao coronavírus? Continue conosco até o final do arquivo.

Reserva de emergência

Esse fator é fundamental para qualquer pessoa, seja ela física ou jurídica. A única certeza que temos é a de que os imprevistos acontecem e que eles chegam sem qualquer tipo de aviso prévio. E o que nos resta é estarmos preparados para quando esse momento chega.

Assim com o nome sugere, a reserva de emergência na vida do corretor de seguros é praticamente obrigatória, é ela quem nos proporciona o alívio financeiro para atravessar momentos difíceis e crises em nossos negócios.

Por isso, o empreendedor obrigatoriamente precisa ter duas reservas de emergência montadas. O dinheiro da empresa e o da pessoa física precisam estar montados. Esses valores jamais podem entrar na soma da lucratividade do negócio ou como investimento.

Afinal, eles podem ser utilizados a qualquer momento para que você consiga ter um respiro para atravessar fases turbulentas (como o coronavírus).

Qual o valor ideal da reserva de emergência?

Essa é uma resposta complexa e que vai depender de muitos fatores. Do seu estilo de vida e do que você julga essencial para viver nesse momento.

Uma pessoa que trabalhe em regime CLT, precisa ter no mínimo a reserva de emergência por um período de seis meses de suas despesas fixas

No caso dos empreendedores, principalmente do ramo de corretagem de seguros, o recomendável é que a reserva de emergência tanto da pessoa física como da jurídica seja de no mínimo um ano. Essa diferença se dá pelas questões de instabilidade e de momentos difíceis que podemos passar.

Portanto, faça o cálculo de quanto você precisa por mês para cada uma das partes da sua vida e faça a multiplicação para descobrir os números finais.

Como montar minha reserva de emergência?

Sabemos que se você não tem uma reserva de emergência definida neste momento, você pode estar precisando de auxílio. Por isso, aproveite esse período para pensar em estratégias de como montar o seu caixa nesse momento ou estratégias de acelerar esse processo quando a crise do coronavírus passar.

Uma das primeiras coisas que você vai precisar fazer é dividir o valores mensais da pessoa física e o da sua corretora de seguros. Sem essa separação, será difícil você conseguir bons resultados.

Depois, estipule em quanto tempo você gostaria de completar sua reserva de emergência e dentro das suas possibilidades, comece a fazer o pagamento do seu próprio boleto. Coloque esse “gasto” na sua lista de contas fixas. Acredite, isso fará toda a diferença na hora do sufoco.

Pense em colocar esse dinheiro em algum investimento em que sua retirada seja de liquidez imediata. Ou seja, que você consiga resgatar a quantia desejada em no máximo dois dias úteis.

Planejando a gestão financeira

Para que você não passe dificuldades no futuro, aproveite o período de quarentena para rever todas as suas estratégias e planejar ações diferentes para sua corretora de seguros, inclusive a respeito da gestão financeira.

Estude, entenda e aperfeiçoe processos e estratégias que possam fazer a diferença para que você consiga ter um resultado diferenciado nos negócios.

Acredite na possibilidade

Muito mais do que uma reserva de emergência ou planejamento, é preciso que você acredite que esse processo funcione. Momentos de crises acontecem sempre, independentemente do tamanho deles. E nada melhor do que atravessa-los sabendo o que esperar.

Afinal, a Uphold Contabilidade especializada em Corretora de Seguros acredita que isso é possível. Temos um compromisso muito maior do que melhorar sua corretora de seguros. E sim em te entregar técnicas e estratégias que façam sua vida e seus negócios alcançarem patamares muito maiores.

Agora, comente conosco aqui embaixo. Você tem reserva de emergência montada? Se não, o que estaria fazendo nesse momento com esse montante em mãos?

Autor: Everton Rocha o Contador das Corretoras de Seguros

Ultimas Postagens