Minha empresa precisa de contador? Motivos de ter contador
MINHA EMPRESA PRECISA DE CONTADOR_

Minha empresa precisa de contador? Saiba se esse serviço é realmente necessário

Minha empresa precisa de contador? Nem sempre o empreendedor consegue saber se sua empresa precisa de contador, principalmente se ele estiver enquadrado no MEI.

Esse tipo de formato empresarial não exige a contratação deste profissional, mas ele pode ser de grande ajuda.

Sobretudo, quando o negócio está faturando bem ou precisa contratar um funcionário.

As duas situações são complexas e exigem conhecimentos mais específicos, que só este profissional tem.

Por isso, a Uphold Contabilidade preparou este post para esclarecer em quais situações uma empresa precisa de contador.

Por que o contador é essencial para pequenos e grandes negócios?

Este profissional é responsável, principalmente, por controlar e gerenciar os ativos econômicos de uma empresa, e ainda certificar que as obrigações tributárias estão sendo cumpridas.

Apesar disso, sua atuação vai além dessa parte técnica.

O fato de analisar as finanças de diversas empresas com frequência faz com que o contador tenha a capacidade de identificar qual classificação de atividade e regime tributário o negócio se enquadra.

Essa alteração, inclusive, pode reduzir custos a curto e médio prazo, além de ajudar a otimizar o tempo do empreendedor no momento da abertura da empresa.

Como ele já conhece todos os trâmites e processos, o risco de fazer ou apresentar documentos errados diminui consideravelmente.

No dia a dia, uma empresa precisa de contador, por diferentes motivos.

Entre eles, podemos mencionar alguns, como:

  • Auxilia no cálculo dos impostos;
  • Mantém os demonstrativos atualizados;
  • Evita problemas com a justiça;
  • Ajuda na folha de pagamento;
  • Identifica maneiras de reduzir custos;
  • Entre outros.

O contador ainda atua como um consultor de negócios, identificando os melhores investimentos para as empresas se destacarem junto aos seus clientes e no mercado.

Toda empresa precisa de contador?

O artigo 1179 do Novo Código Civil brasileiro (Lei 10.406/2002) estabelece que todo empresário e sociedade sigam um sistema de contabilidade com base na escrituração uniforme de seus livros.

Isso também inclui o levantamento do balanço patrimonial e o de resultado econômico anualmente divulgado.

A lei ainda determina que a escrituração contábil seja feita por um contador legalmente habilitado e com registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Dessa forma, uma empresa precisa de contador próprio ou terceirizado, independente se ela é Ltda, EIRELI, EI, SLU, EI ou ME.

Apesar da Lei Complementar 128/08, que cria a figura do MEI, não exigir a apresentação de documentos contábeis desse enquadramento empresarial, a contabilidade é essencial para que o empreendedor não seja tributado de forma errada.

Isso porque o microempreendedor individual é tributado em todo valor que ultrapassa 32% do seu lucro.

Dessa maneira, apenas R$1.600,00 serão isentos de tributação se ele emitir R$5.000,00 em notas no mês, podendo incidir até 27,50% de impostos sobre o restante.

Motivos do porquê uma empresa precisa de contador

Embora este profissional ajude a organizar os balancetes e o patrimônio de um negócio, sua atuação vai muito além.

1. Controlar e regularizar impostos

Uma empresa precisa de contador, pois é ele quem controla e regulariza todos os impostos empresariais sendo capaz de identificar quando eles estão sendo pagos mais que o devido, por exemplo.

Os negócios formalizados também têm uma série de obrigações acessórias.

Elas consistem em declarações mensais, trimestrais ou anuais que devem ser apresentadas ao governo (esfera municipal, estadual e federal).

Porém, as obrigações variam de acordo com o regime tributário escolhido e precisam conter dados sobre:

  • Receitas;
  • Encargos;
  • Folhas de pagamento;
  • Entre outros.

Como elas apresentam algumas particularidades, a empresa precisa de contador para cuidar da sua elaboração.

2. Abrir um negócio de maneira correta

Nada impede que um empreendedor inicie sua empresa sozinho. Com as facilidades que a tecnologia apresenta, hoje em dia é possível inclusive abrir uma empresa online.

Entretanto, uma empresa precisa de contador, pois ele ajuda a começar um negócio da maneira correta, auxiliando a juntar todos os documentos necessários para apresentar na Junta Comercial, abrir o CNPJ, definir o formato e o melhor regime tributário.

Ou seja, ele pode fazer com que a corporação trabalhe de forma regular, mas com uma carga tributária baixa.

3. Analisar o desempenho da empresa de forma estratégica

Além de auxiliar no controle das finanças e na abertura de um negócio, uma empresa precisa de contador.

Isso tudo porque ele consegue analisar diversos aspectos de um empreendimento, que muitas vezes passam despercebidos pelo gestor.

Ao fazer a escrituração contábil, ele identifica o valor do faturamento de modo global e os impostos que estão sendo pagos indevidamente.

Do mesmo modo, o profissional contábil também tem a capacidade de verificar os departamentos e serviços que podem ser reajustados focando a redução de custos e os melhores tipos de investimentos a curto e médio prazo.

Portanto, a contabilidade contribui para a projeção financeira da empresa, e fornece dados importantes para visualizar crescimento.

4. Garantir a regularidade fiscal do negócio

O empreendedor que começa o seu negócio sem se atentar para a contabilidade pode ter problemas no futuro, principalmente relacionados à regularização fiscal.

Quando ele não paga os impostos no prazo vencido, o Fisco passa a cobrar esses débitos, com incidências de multas e juros de mora, primeiro de forma “amigável” depois judicialmente.

Desse modo, os bens e valores que fazem parte do patrimônio da pessoa jurídica podem ir à penhora para que as dívidas sejam quitadas.

Para que isso não ocorra, a empresa precisa de contador para regularizar essa situação e não deixar que o negócio encontre dificuldades em participar de licitações públicas ou obter linhas de crédito junto à instituições financeiras;

5. Manter o balanço contábil em dia

Todos os anos a empresa deve apresentar seu balanço contábil à Receita Federal. A tarefa de mantê-lo atualizado fica por conta do contador.

Esse demonstrativo é composto por três categorias: ativos, passivos e patrimônio líquido.

  • Ativos – dinheiro em caixa, máquinas, movimentação nas contas e títulos;
  • Passivos – salários devidos, impostos a pagar, empréstimos bancários;
  • Patrimônio líquido – capital que a empresa possui a partir da diferença positiva entre os ativos e passivos.

O balanço contábil, além de ajudar a esclarecer a posição patrimonial jurídico, fornece dados essenciais para planejar as próximas ações do negócio, bem como o seu crescimento.

Principais problemas de uma empresa sem contador

Um negócio sem o apoio de um escritório contábil, corre o risco de ter problemas de legalização perante os órgãos públicos, ficar estagnado e ainda adquirir dívidas.

Por isso, uma empresa precisa de contador quando quer evitar:

  • Problemas de legalização;
  • Baixo crescimento;
  • Dívidas.

Problemas de legalização

A empresa que não cumpre com suas obrigações fiscais, ou seja, recolhe os impostos e apresenta as declarações, balanços e livros contábeis pode se tornar irregular perante aos órgãos fiscalizadores.

A longo prazo, caso isso não seja resolvido ela pode perder vários benefícios, entre eles linhas de créditos bancárias e a chance de participar de licitações.

Por outro lado, um profissional de contabilidade pode resolver todas as pendências que um empreendimento tem, fazendo com que ela fique com sua situação regularizada.

Baixo crescimento do negócio

Analisar os ativos econômicos e elaborar os balancetes faz com que o contador crie um olhar mais amplo sobre a corporação, portanto, consiga identificar as melhores formas para que o negócio cresça.

Sem isso, muitos empresários acabam concentrando seus esforços somente na execução das atividades e na resolução de problemas diretos, como falta de insumo.

A médio e longo prazo, a chance de ocorrerem erros não só contábeis, mas também em todos os setores do empreendimento podem desacelerar o seu crescimento.

Formação de possíveis dívidas

A legislação brasileira é bastante complexa e composta por diversos tributos. Nesse sentido, esquecer de recolher um único imposto, faz com que o empreendimento entre em débito com o Fisco.

Além das multas, o negócio ainda fica impedido de realizar diversas transações e inclusive de conseguir empréstimos junto aos bancos, o que pode aumentar ainda mais as dívidas.

A empresa precisa de um contador próprio?

Embora os serviços de contabilidade sejam fundamentais para que o negócio se desenvolva de maneira sustentável, nem todos precisam ter um contador próprio.

Geralmente a contratação desse tipo de profissional eleva as despesas com a folha de pagamento, pois além do salário desse tipo de profissional ser alto.

Todavia, quando a empresa precisa de contador próprio é necessário adquirir softwares específicos, além de fornecer uma estrutura de trabalho (computador, mesa, sala), além de atualizações e cursos constantes.

Portanto, pequenos negócios podem contar com uma contabilidade especializada em prestação de serviço, que irá atender a empresa na medida de suas necessidades.

Nesse sentido, os custos que se teriam com a contratação de uma equipe interna são reduzidos, e o gestor pode manter seu foco em outras atividades.

Do mesmo modo, uma equipe terceirizada atende diversos empreendimentos, o que faz com que elas adquiram experiência em diversos segmentos.

Isso faz com eles consigam ter um olhar ainda mais amplo e estratégico na hora de pensar em melhorias.

Afinal, uma empresa precisa de contador em que momento?

Além de ajudar no controle das finanças de uma loja ou escritório, este profissional é fundamental para auxiliar na escolha do porte, formato jurídico e regime tributário, fazendo com que qualquer negócio se desenvolva de forma regular perante a legislação.

Nesse sentido, uma empresa precisa de contador desde a sua formalização, ou seja, quando ainda está sendo planejada.

Seu trabalho é fundamental para que a parte burocrática que envolve a abertura de um empreendimento seja simples e não tenha tantos problemas.

Agora, se você já tem uma empresa mas ainda não tem contador, entre em contato com aUphold Contabilidade e conheça soluções exclusivas para prestadores de serviços.

Se deseja uma proposta comercial, basta se cadastrar no formulário abaixo:

Ultimas Postagens