O que deve ser considerado na segurança dos seus dados empresariais? - Uphold
uphold_seguranca_dados

O que deve ser considerado na segurança dos seus dados empresariais?

Ainda que várias pessoas tenham começado a trabalhar de casa este ano, a segurança para o trabalho home office muitas vezes é negligenciada.

Um sinal disso é o aumento significativo da ação de hackers, já que o Brasil sofreu mais de 1,6 bilhão de tentativas de ataques cibernéticos apenas no primeiro semestre deste ano.

Por isso, é preciso ter alguns cuidados ao acessar os dados da empresa remotamente. Algumas ações são bem simples, como ter um antivírus atualizado ou um firewall ativado.

Agora, se você deseja saber como investir na segurança para o trabalho home office continue lendo esse artigo que a Uphold Contabilidade preparou para você.

Por que é importante manter a segurança no trabalho home office?

Ninguém está livre de ser alvo de ataques cibernéticos, e por isso, muitas empresas investem em diversas ferramentas para proteger seus dados e de seus clientes.

No entanto, os riscos e as ações de hackers aumentam com o trabalho remoto.

Afinal, os trabalhadores passam a acessar dados de clientes, fluxo de caixa ou relatórios de operações financeiras no mesmo computador que usam para entrar nas redes sociais ou baixar um filmes.

Por isso, cuidar da segurança e da tecnologia de informação do computador, seja no escritório ou no home office, é imprescindível.

9 Dicas para levar em consideração sobre a segurança no trabalho home office

Geralmente, os computadores da empresa possuem diversas proteções para impedir que hackers acessem informações valiosas através da rede ou do computador.

Entretanto, no trabalho remoto é mais difícil controlar a segurança da máquina de cada colaborador.

Assim, cada funcionário deve seguir algumas medidas que garantam a proteção dos dados empresariais durante o trabalho remoto.

Veja a seguir como implementar a segurança para o trabalho home office.

a. Proteja o Computador

A proteção do computador é a primeira medida que deve ser levada em consideração no home office, já que os trabalhadores terão que acessar informações sigilosas, contas bancárias corporativas e dados de clientes.

E em muitas ocasiões, todas essas operações acabam acontecendo de seus computadores pessoais.

1. Invista em software antivírus

Essa é a primeira ação para proteger o computador dos tipos mais comuns de ataques. 

Geralmente um software já está instalado nos notebooks fornecidos pela empresa. Entretanto, pode ser necessário solicitar arquivos de instalação/atualização ou ainda os dados de acesso.

Agora, se o trabalho usa o computador pessoal para trabalhar, ele precisa se certificar que o antivírus está instalado e ativo.

Os computadores com Windows já possuem o Windows Defender, uma ótima ferramenta antivírus. 

Para garantir que ela esteja ativada, basta acessar o aplicativo na configuração do sistema e depois atualizá-lo no Windows Update.

Já quem usa outros sistemas operacionais, Linux ou macOS, precisa instalar softwares de terceiros e mantê-los ativados.

2. Utilize um Firewall

Como o próprio nome diz, o firewall é uma ferramenta que monitora o tráfego da rede e decide o que deve ser permitido ou bloqueado. 

Assim, somente aplicativos autorizados podem receber ou enviar informações através da internet.

Dessa forma, ele protege a rede e consequentemente o computador, pois impede que vírus coletem informações e envie para hackers remotamente.

O firewall já está incluso nos sistemas operacionais, mas pode ser preciso ativá-los.

b. Protegendo os dados 

A organização e a segurança de documentos é uma das práticas para se manter a gestão de qualquer empresa otimizada, fator ainda mais valorizado por conta do trabalho remoto.

3. Ative a criptografia para manter segurança para o trabalho home office

Criptografia é a prática de codificar e decodificar dados através de um conjunto de algoritmos matemáticos. 

Com isso, arquivos criptografados perdem seu formato original e, assim, não conseguem ser lidos. 

Portanto, a criptografia protege arquivos, senhas, e-mails e backups. Mesmo que o computador seja atacado ou ainda desmontado, eles continuam inacessíveis.

Os computadores Windows possuem uma ferramenta chamada BitLocker que permite que pastas, discos rígidos e unidades externas com dados da empresa sejam criptografadas.

Use serviços de nuvem para compartilhamento

Enviar e receber arquivos faz parte da rotina de quem trabalha home office. 

A melhor forma de proteger esses dados é usando programas de armazenamento em nuvem, como o Google Drive, Dropbox, OneDrive, já que são mais seguros do que anexos em emails.

Oriente os funcionários a criarem contas específicas para o compartilhamento dos documentos corporativos. 

Isso ajuda a proteger as informações e ainda possibilita o trabalho em conjunto.

4.Cuidados durante a navegação

A navegação ainda pode colocar informações sigilosas em risco. 

Usar navegadores atualizados, como o Google Chrome, o Mozilla Firefox e o Microsoft Edge, ajudam a prevenir ataques.

Além disso, use extensões de segurança, como bloqueadores de rastreamento e de anúncios maliciosos. 

Por outro lado, é fundamental remover extensões não confiáveis e de empresas desconhecidas.

Forçar a conexão HTTPS também ajuda a manter os dados do computador protegidos durante o acesso à internet. 

Em alguns navegadores é possível ativar o bloqueio automático de sites que usam o HTTP, que é um protocolo frágil.

c. Preservando a segurança da rede

A rede sem fio também pode expor o usuário a ataques cibernéticos durante o trabalho home office. No entanto, algumas medidas podem melhorar sua segurança, como:

  • Mudar o nome da rede;
  • Alterar o usuário e senha;
  • Ativar um firewall;
  • Entre outros.

Mudar o nome da rede

Essa é a primeira ação para manter a rede segura, já que muitos invasores não só conhecem os nomes padrões que os fabricantes usam, como conseguem descobrir o tipo de roteador através deles.

Dessa forma, eles conseguem atacar o firmware do roteador (configurações) e obter acesso de uma forma que ninguém perceba. 

Por isso, mudar o nome da rede Wi-Fi para algo diferente do padrão de fábrica é essencial.

Alterar o usuário e senha

Apesar de ser uma recomendação básica, muitas pessoas continuam usando o nome de usuário e senha fornecidos pelo fabricante. 

Esses dados precisam ser alterados pelo menos a cada dois meses para dificultar que eles sejam descobertos. 

Além disso, oriente os seus empregados a usar uma senha forte, com mais de 8 caracteres.

Ativar um firewall

Além de ser importante para proteger o computador, o firewall também ajuda a filtrar o tráfego da rede e a bloquear as tentativas de acesso através de portas do roteador não utilizadas.

Alguns roteadores possuem esse recurso, mas pode ser preciso ativá-lo.

Vale a pena investir na segurança do trabalho home office?

Os dados empresariais tendem a ficar mais expostos durante o trabalho remoto. 

Afinal, vários trabalhadores passam a acessar informações de lugares diferentes, impossibilitando o controle por parte da empresa.

Por isso, é fundamental orientar todos os colaboradores sobre a segurança para o trabalho home office

Como você faz para proteger sua rede e a segurança das informações no trabalho home office? Compartilhe a sua opinião conosco através dos comentários!

Ultimas Postagens